sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Resenha: Os Homens que Não Amavam as Mulheres (Stieg Larsson)

Sinopse: Em 1966, Harriet Vanger, jovem herdeira de um império industrial, some sem deixar vestígios. No dia de seu desaparecimento, fechara-se o acesso à ilha onde ela e diversos membros de sua extensa família se encontravam. Desde então, a cada ano, Henrik Vanger, o velho patriarca do clã, recebe uma flor emoldurada - o mesmo presente que Harriet lhe dava, até desaparecer. Ou ser morta. Pois Henrik está convencido de que ela foi assassinada. E que um Vanger a matou. Quase quarenta anos depois, o industrial contrata o jornalista Mikael Blomkvist para conduzir uma investigação particular. Mikael, que acabara de ser condenado por difamação contra o financista Wennerström, preocupa-se com a crise de credibilidade que atinge sua revista, a Millennium. Henrik lhe oferece proteção para a Millennium e provas contra Wennerström, se o jornalista consentir em investigar o assassinato de Harriet. Mikael descobre que suas inquirições não são bem-vindas pela família Vanger, e que muitos querem vê-lo pelas costas. De preferência, morto. Com o auxílio de Lisbeth Salander, que conta com uma mente infatigável para a busca de dados - de preferência, os mais sórdidos -, ele logo percebe que a trilha de segredos e perversidades do clã industrial recua até muito antes do desaparecimento ou morte de Harriet. E segue até muito depois.... até um momento presente, desconfortavelmente presente.

ISBN: 9788535920031
Ano: 2008
Editora: Companhia das Letras
Número de Páginas: 522

Confesso que não tinha a menor intenção de ler esse livro por enquanto. Ele está tão em alta por causa do lançamento da versão americana do filme, que só se fala dele. Muita gente começou a ler, e meio que virou uma epidemia pela blogosfera! Comigo foi bem por acaso! Fui passar uns dias na praia na casa de uma amiga e levei um livro pequeno pra ler. Assim que acabei, ela me emprestou esse primeiro volume da Trilogia Millenium, e eu comecei, sem muitas expectativas.

Já havia ouvido comentários de que as primeiras 200 páginas são pura enrolação, e até meio maçantes, mas que depois o livro ficava ótimo. Ao contrário da maioria, eu devorei as primeiras duzentas páginas em dois dias, e gostei muito da escrita do autor sueco - exceto das páginas 150 a 200, que realmente são um pouco cansativas. Costumo ler livros com temas mais tranquilos, como romances ou sobrenaturais, então foi super legal ler uma coisa tão diferente e tão profunda.

Um dos personagens, Mikael Blomkvist, é jornalista (só por aí já ganhou uns pontinhos positivos comigo *-*) e especializado em economia. Após ter sido condenado a 3 meses de prisão por causa de uma matéria publicada em sua revista, a Millenium, Mikael é contratado por Henrik Vanger para desvendar um mistério da família Vanger: Descobrir quem matou sua sobrinha, Harriet. A outra protagonista é Lisbeth Salander, uma investigadora de uma empresa chamada Milton Security, que podia descobrir qualquer coisa sobre qualquer um. Ela é uma mulher peculiar: incrivelmente magra, cheia de piercings e tatuagens espalhados pelo corpo e extremamente anti social.

Cada vez que alguma coisa bombástica acontecia eu pensava 'pronto, agora não tem mais o que esse escritor inventar', e aí eu me surpreendia de novo. O livro me trouxe diferentes emoções... Em alguns momentos estava morrendo de raiva de um certo personagem, e no outro estava morrendo de medo pelo que podia acontecer com outros. É uma obra realmente sensacional, um dos melhores livros que já li! Recomendo muitíssimo! Agora o único problema é que estou louca pra ler o segundo e tenho uma pilha enorme de outros livros na frente!
_______________________________________________________

7 comentários:

  1. Adorei sua resenha \o/
    Eu não achei nenhum ponto do livro maçante... e ao contrário da maioria das pessoas, o primeiro é o meu favorito!

    Beijos,

    Nanie - Nanie's World

    ResponderExcluir
  2. Eu também não achei nenhum ponto do primeiro livro maçante, li em poucos dias. O começo do segundo sim, foi meio cansativo... mas meu preferido definitivamente é o terceiro! Continue a série, não vai se arrepender!

    Beijos,
    Vania - http://poressaspaginas.com

    ResponderExcluir
  3. Está na minha lista esse *-* tinha ouvido falar dele faz tempo, mas acabava passando outras leituras na frente. Boa resenha!
    Isabela

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda não li esse livro, ele está para chegar..e a muito tempo tenho muita curiosidade a respeito dele.

    www.mixliterario.com

    ResponderExcluir
  5. Você conseguiu o que não conseguir ler antes de ver o filme, ganhei os livros de natal e acabou que não consegui ler e já fui correndo pro cinema, gosto de livros e filmes assim de impacto.
    O livro já esta escalado para Março =D.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  6. Oi, Camila! :)

    Nossa, eu quero MUITO ler essa trilogia! Ela já tinha chamado a minha atenção antes desse "bum" que aconteceu agora, pelo fato do filme estar sendo lançado. Gosto de livros mais profundos e que realmente mexem com a gente, sabe? Então acredito que tenho tudo pra gostar dele! Também vi algumas pessoas comentando que as primeiras páginas são mais cansativas, mas que bom que com você não foi assim. \o/ Não vejo a hora de ler! Tomara que possa fazer isso logo! :D

    Beijos, flor.
    Amanda || Lendo&Comentando
    ^_^

    ResponderExcluir
  7. Camila, por mais que todo mundo fale bem, eu não consegui! Tentei 3 vezes e não passei da página 170. quem sabe não tento de novo no futuro, não é?
    Beijão

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião! Ela é muito importante pra mim! Obrigada :)